Tudo Sobre Moda: Anos 60

Bom galera, desculpem de coração este pobre ser que não anda atualizando seu blog, eu vim hoje aqui me redimir com todos vocês com um tema bem interessante, no qual estou fazendo um trabalho na faculdade, e acabei vendo coisas que nunca tinha percebido dos anos 60 ou ”anos rebeldes”, vamos começar logo este post?!

Para começar a falar dos anos 60, deveremos voltar uma desada e mostrar o que eram os anos 50, depois da guerra, as mulheres não precisavam mais trabalhar, e seu lugar agora era em casa, cuidado da família, como sempre dando este cargo para a figura feminina, então como em Chanel as mulheres haviam largado os espartilhos, elas voltam em 50, e também, cinturinha marcada, saias longas e plissadas da Dior, que estoura na década. Voltando aquele senso de mulher feminina que se tinha no ”art nouveau’‘.

Contrapondo a isso, em 60, nascia uma geração rebelde, jovens que estavam traumatizados com os horrores que a guerra ocasionou em suas famílias, muitos tinha perdido o pai na mesma e não queriam retroceder a historia do ”sonho americano” de que tudo estava perfeito, que tudo estava certinho, aliás, essa linha de pensamento vem desde 50 com o grandioso Rei do rock, Elvis Presley.

1960s-fashion-2

Com isso, a industria capitalista da moda, percebeu que a fonte do consumo, não eram só os adultos ou os mais velhos, mas sim aquelas garotinhas ricas que queriam parecer diferente de tudo e de todos, se opor ao estilo de seus pais, e como ”estilo de rua” nasce o estilo dos anos 60 que teve grande influência da rua, dos sentimentos dos jovens que tiveram grande força na criação de sua identidade, de vanguardas artísticas que presavam as linhas geométricas, cortes geométricos, roupas mais curtas e vibrantes, corte reto, grande força do ”pret á porter” e o surgimento da Minissaia, que surgiu nas ruas, como diz a sua criadora Mary Quant, no qual as jovens subiam suas saias para que ficassem muito curtas, numa forma de ”chocar” o que era Dior, com saias no tornozelo, é algo que faz parte do nosso guarda roupa ~guarda roupas feminino~ até os dias de hoje!

As moon girls ~garotas da lua~ ganharam este nome na Jornada espacial, por os anos 60 ser a década da preparação do homem a lua, o sonho americano após a 2°guerra mundial era mostrar não só seu poder ibérico, mais também tecnológico e isto influenciou muito no estilo da época, com roupas metalizadas, botas cano alto, oculos grandes ~inspirado nos olhos dos aliens~, perucas marcianas, enfim… A atenção do jovens agora estava focada em mostrar que sim ”eram de outro planeta” como forma de se mostrar diferente de tudo que havia ali, mas esta tendência foi mais ”fashionista” que popular.

Também, a industria da moda que dominava as mídias, traziam jovens magras e fluentes como Adurey Hepbrun e Twiggy  traziam a maquiagem carregada nos olhos distorcendo o estilo Marilyn Monroe de olhos levemente puxados e bocão marcado. Twiggy revolucionou na época com grandes olhos marcados e boca sem cor. Audrey Hepburn, faz forte campanha na criação da calça cigarrete, contrapondo totalmente os padrões de beleza dos anos 50 (no qual ela mesma aderia antes) Mostrando uma mulher moderna, rebelde e independente (mesmo aos custos dos pais).

Em forma masculina, a moda teve influencia não de ”modelos” mais sim de grandiosos do rock como os britânicos Beatles, com o estilo certinho de garotos londrinos, o seu corte de cabelo foi copiado por diversos rapazes, os Rolling Stones, num estilo ainda comportado e o próprio Jimmy Hendrix, com seu estilo rocker que se misturava com o country trazendo também o ”black power” as franjas, as fitas na cabeça do movimento hippie, que teve seu nascimento nesta década no qual a geração era ”anti guerra” num ar peace and love

O psicodelismo ganhou espaço fluente nessa época, com grandes revolucionários, que hoje fazem parte do ”27’s club” como os grandiosos Jimmy Hendrix, Janis Joplin, que são um dos pontos principais de toda essa loucura de shows por toda parte do mundo com a rebeldia da geração escorrendo em suas veias. O movimento hippie que era ainda um embrião, ganha espaço no mundo da musica e logo ganha espaço no figurino e nas lojas aumentando o consumo, trazendo um novo estilo com tendências populares como o Tie Dye, oculos redondinho, formas orgânicas nas estampas e outros, mas isto é bem no final dos anos 60. Com toda essa força do ”black power” da força da natureza, do belo natural, sem cabelos levemente modulados e penteados.

Bom gente, presume que esteja afiado, acho que falei realmente tudo que sei sobre a moda dos anos 60, tentei resumir o máximo, se não vocês estariam lendo até amanhã, HAHAH, se faltou alguma coisa talvez eu venha e complemente, mas qualquer coisa, se quiser me ajudar no trabalho da faculdade, deixa um comentário aqui em baixo falando sua opinião, sua experiência e muito obrigado por conferirem esta matéria, fiz de coração por amar vocês e meu blog. Até a próxima, não deixem de conferir sempre o Trend Alternative xxx

postadoporjulius2

ESTILO: SEAPUNK

tumblr_mgydnzXZBB1s3h4cqo1_1280Então galeres, se vocês não sabiam eu estava sem PC, por isso passei este tempinho parado sem postar nada 😥 Hoje queria mostrar a vocês este estilo que conheci á algum tempo ~fim do ano passado~ ele já vem bombando na gringa e pelo que vejo algumas pessoas do Brasil também estão acompanhando, isso já é um ótimo começo! O Seapunk é uma misturinha bem louca de elementos psicodélicos, símbolos que eram famosos da época (pease, yin yang, smile face) ~elementos digitais precários~ aquelas montagens bem mal feitas e gifs de power point sabe?, mistura de estampas, óculos espelhados, roupas metalizadas e sem esquecer do elemento marinho: como golfinhos, sereias, o movimento punk, tons pastel e características dos anos 90. Este ”movimento” ou “estilo de vida”, como dizem alguns seguidores dessa nova moda que mistura desde cores chamativas, verde água, ciano e roxo, e referências ao oceano ~sea~ ao Hip Hop, Música eletrônica e à uma pegada Punk.seapunk3Podem até confundir um pouco com o Pastel Goth ~que tem muitas semelhanças só que com uma pegada mais ”goth” mesmo.) mas não, o Seapunk é um estilo muito mais “retrô” ~até por puxar mais pra o estilo da década de 90~, mas ainda tem gente que mistura os dois! vem me chamando bastante a atenção, seja dentro da moda ou na música, com nomes como Azealia Banks, Brooke, Kreayshawn, Grimmes e aquela garota do Die Antwoord, enfim.. uma série de bandas e artistas chamam atenção pela excentricidade do estilo!

seapunk2

O estilo é super interessante e criativo, ~Há quem ache cafona~, mas assim como todo estilo, se você usar tudo de uma vez pode causa aquele impacto e ficar over, dá pra usar um elemento aqui e ali, sem necessariamente adotar inteiramente o estilo. Portanto, se você que é mais tímido (a) e tem medo de ousar tanto assim, pode usar acessórios e peças deste estilo sem medo de PE-RI-CÔ!

Marcas que apoiam/abraçam o estilo SEAPUNK tem várias, nossa parceira Think Collection, a coleção 2013 da marca tem muitas peças inspiradas na tendência:

E você que tá pensando que garotos não tem vez, está muito enganado HAHAHA. Garotos tem sua pegada punk bem descarada, portanto, se você que é garoto e A-TO-ROU o estilo e quer seguir, sinta-se mais que a vontade, ABUSE! ~se você se identificar é claro!~seapunk4

Espero que esta postagem tenha ajudado a esclarecer as dúvidas de vocês sobre este movimento/estilo, acho muito lindo e como eu disse a vocês, basta apenas ser ousado e não ter medo de se jogar, ainda esta semana posto a Promoção do Mês que terá como referência este movimento.

postadoporjulius