DESFILE: Chanel no Supermercado

O luxuoso Grand Palais foi totalmente transformado em um supermercado um tão colorido e luxuoso, com direito a cestas e carrinhos de compras, a grife Francesa Chanel apresentou a coleção Inverno 2014 na Semana de Moda de Paris em um cenário inusitado, como de costume  a grife fugir um pouco do tradicional, coisas que você nunca imaginaria, como o proprio Karl Lagerfeld nos corredores de um fashion supermercado, ele montou corredores, prateleiras e gôndolas de chocolates, chás, vassouras, ketchups, sabão em pó, frutas, legumes, torradas, ovos e tudo que se pode encontrar em um mercado de verdade, com um pouco mais de luxo. A única diferença é que tudo ali, por conveniência, era Chanel. Os convidados, se divertiram tirando fotos com os carrinhos, nunca desejaram tanto na vida carregar uma cesta de compras que tinha alças idênticas ás da bolsa 2.55, com couro entrelaçado por metal. Ah, vale salientar também, que teve a presença de nossa ilustre convidada a Riri, que fez foto com ele e as modelos com um galão da Chanel.

Muita gente tentou levar algo, lutaram por uma garrafinha Chanel, quem não quer, né? mas muita gente acabou se frustrando: Nada do que foi criado poderia sair dalí. Quando o desfile terminou, uma voz anunciou no cenário: “Queridos consumidores, o supermercado Chanel está fechando. Por favor, pegue suas frutas e vegetais e saiam”. O desespero por uma água Chanel cresceu com o anúncio, e quem tentou esconder a garrafinha se deu mal pois tinham seguranças na porta do desfile impedindo que qualquer produto saísse dalí.

O desfile além de divertido, mostrou outro o lado da Chanel em que se preza pelo conforto, ta ai explicito o uso de sapatos esportivos, aqueles com molas, que usamos para caminhar ou ir ao treino na academia, no papel de dona do lar, é coisa muito comum de se usar no supermercado, a cartela de cores e as adaptações foram barbaras. Os penteados também, foram de muita simplicidade, um rabo de cavalo com um charme de tranças bem trabalhadas que não deixaram de remeter realmente um dia comum de ir ao supermercado, mesmo com toda a graça da make-up e da linha de  oculos Chanel.

COLEÇÃO: THINK COLLECTION 13.2

Então meninos, eu estava dando uma olhada esses dias e acabei vendo umas coisas que me abriram os olhos de tal forma que… Ai, vou parar de enrolar! Vocês não sabem  o quanto estou empolgado em fazer esta matéria. A nova coleção da Think Collection Vem com novidades, outras peças além de camisas, com Boné (Cap aba reta) e também o casaco/jaqueta. A coleção em geral vem num estilo super College com camisas de futebol americano,  bem jovem com o espirito punk na veia, puxando também para o lance high school, meio Rapper, com tendências e movimentos do Sea Punk, Pastel Goth. Enfim, vou deixar as fotos falarem por mim, confiram a sessão da coleção e reparem em  cada estampa, enche os olhos, eu mesmo quero todas *-* Vale muito a pena conferir!

A coleção é mesmo intrigante não é?! ~Adeus salário~ qualquer coisa é só visitar a pagina deles no facebook e fazer seu pedido por lá, espero que tenham gostado e até mais!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

postadoporjulius2

TOPMAN: Verão 2014

Com uma pegada meio Techno Cowboy a Topman apresentou sua coleção de verão 2014 em Londres ~London Collection Summer~. Com silhuetas mais soltas, colarinho, gola padre, peças de seda supr luxuosas, jaquetas com toques esportivos e camisas que aparecem ao decorrer do desfile da marca britânico. Tudo com claras inspirações nos filmes de faroeste dos anos 50.

TENDÊNCIA: Outono/Inverno Xadrez 2013

frida-j

 Xadrez , quem não tem uma peça xadrez ,peça que agrada a quase todos e com o uso pratico e fácil de usar. Pra quem não sabe o xadrez foi inventado na Escócia no seculo XIX, como alternativa para o Tartans , com o objetivo de identificar os clãs escoceses, mas quando a Escócia entrou em guerra com os Britânicos, ela foi banida do uso de Tartans, durante 37 anos, pois alegavam sinal de rebeldia.

 Já no século XX a camisa xadrez era peça do guarda-roupa dos caubóis, passando pelo guarda-roupa grunge nos anos 90 (quem não se lembra do ícone Curt Cobain?).
2981327_o
  Foi assim, juntamente com o sucesso do Grunge que essa moda se espalhou pelo mundo afora no início dos anos 90 e caiu no gosto até de quem odiava o estilo musical, ou nem sabia o que era. Daí sim, em 1993 Marc Jacobs fez o caminho contrário e levou das ruas para a passarela a tão famosa camisa.

Xadrez é fácil de usar, combina muito bem com jeans de diferentes lavagens, é ideal para sobreposições espertas, tanto para meninos quanto para meninas, além do fato de ter deixado de ser uma “moda” passageira para ocupar um lugar permanente no vestuário do brasileiro. Vejam só alguns looks pra inspirarem vocês leitores;

322051_3928659657_5ba0c5c946_o1 jaqueta-de-couro-com-calça-xadrez-looks tumblr_mbqeqwaB3k1qlgn6ho1_500street-style-stockholmstreetstyle-12-jaqueta-couro-xadrez-botinha

POST

PARCERIA: DKNY & Refinery29

Muita gente hoje em dia vem fazendo parceria com Deus e o Mundo, marcas com marcas, artistas com marcas e essa coisa toda, essa parceria da DKNY com a Refinery29 chega a ser bastante curiosa, pois a Refinery29 é um dos sites mais visitados, com muitas dicas de moda e beleza e reportagens de fontes seguras. É muito curioso o fato de ”blogueiros” e marca trabalharem juntos na produção de algum produto que venha a ser vendido! E sem falar que achei as bolsas lindas, e para dar aquele toque carinhoso são sete bolsas desta parceria nomeadas com o nome das cidades onde o site possui maior audiência: Nova York, Chicago, Miami, Los Angeles, Washington, São Francisco e Londres. A partir de março as bolsas estarão à venda nas lojas da DKNY, na loja online da marca ou no Refinery29.com.

PARCERIA DA VANS COM A HERMÈS

Mergulhando no mundo virtual, acabei vendo que a Vans fez uma nova coleção em parceria com nada mais, nada menos que o estilista Robert Verdi da Hermès, fiquei simplesmente apaixonada por essa coleção, que é inspirado nos lenços digníssimos da Hermès, são vários modelos diferente e ainda não consegui eleger o mais lindo, vejam só:

Tudo sobre as Mullet

A moda vem tornando as pessoas em escravas, que fazem tudo para agradar o seu amo. A saia Mullet ganhou mais seguidoras que muitas outras tendências por ai, deve ser pelo fato dela ser de fácil fabricação e venda, só perde para os Sneakers com salto inspirados nos da Isabel Marant.  Mas de onde surgiu essa tão “incrível” peça do vestuário que todas estão usando tão loucamente? E esse termo Mullet o que seria?

Stephanie Seymour foi a primeira mocinha a usar esse tipo de saia, que na época ainda não chama de Mullet. A peça foi usada para o casamento de Stephanie e Axl no clipe November Rain e causou muitos suspiros nas meninas da época que sonhavam em se casar na igreja, do modo mais tradicional possível, mas não queriam deixar de lado sua ousadia e rebeldia. Quem assistiu One Tree Hill sabe o quanto Peyton Sawyer desejava casar em um vestido igual, ela quase conseguiu, mas como One Tree Hill é a série mais dramática do mundo e a Peyton é a personagem que mais sofre no mundo ela não se casou com o tão sonhado vestido. Esse vestido passava essa imagem de rebeldia e ousadia (como comentei algumas linhas atrás), as meninas daquela época que eram fãs de rock, ficaram loucas com o modelito. Já as pessoas mais “moralistas” repugnaram o modelo pois na visão deles é errado entrar na igreja com tal mini saia, e muito mais repugnante era o modelito ter saído do clipe de uma banda de rock. Ou seja, a moda não acolheu a tal saia Mullet. Quando a atriz Geena Davis apareceu no Oscar em 1992 usando um vestido com o mesmo tipo de saia, a atriz recebeu uma chuva de criticas e então a saia caiu no esquecimento.

Foi em 2008 que os gênios Alexander McQueen e Karl Lagerfeld recriaram esse corte em suas coleções. Trazendo algo “novo” e moderno que foi criticado no passado. A moda é assim, o passado vai para o futuro. Desde 2009 as coleções com esse corte aumentaram e a saia mullet ficou conhecida por todos. Não vemos mais aquela ousadia misturada com o tradicional que víamos no passado, vemos só mais uma peça que vai “queimar” até virar cinzas.

Mas é preciso muito cuidado na hora de montar um visual com este tipo de saia, porque ela é o grande destaque do look. Você precisa ser cautelosa com as outras peças, evitando muita informação. Além disso, pelo fato desta saia ter a parte da frente mais curta, os sapatos vão ter ainda mais destaque na composição. Então, que tal arrasar na escolha dos sapatos? Abuse dos slippers, rasteiras, sapatilhas, saltões e até coturnos! Tudo com muito bom senso.

Por: Mayza Van Bommel